Mamãe nova e agora?!


Oi oi amoras do meu core!!





E sim hoje é sábado e têm post, e vamos tratar de um assunto bem sério aqui no blog. Eu estava há muito tempo querendo falar de como é a ser mãe muito nova. Bom amoras para quem não sabe eu fui mãe aos 18 anos, pois é minha gente a maluca aqui resolveu começar a vida de trás para frente e foi uma loucura total, então nesse post eu vou dar 10 dias para você que está passando por isso ou conhece alguém que passou. Ahh sempre lembrando que são minhas experiências e minha opinião com base no que eu vivi e vivo ok? Dito isto bora ver o post:




1 - Não se desespere: Tá isso nem sempre é fácil, eu mesmo fiquei confusa e assustada, MAS isso não te ajuda a colocar a situação em um modo mais racional, ficamos pensando em um milhão de coisas e criamos uma expectativa tão forte e grande em cima de coisas que ainda nem aconteceram. Então controle-se, respire pense muito bem em tudo que está acontecendo e nas decisões que viram a seguir.


2- Converse com sua família: Amoras eu cometi um erro muito grande por MEDO, eu demorei a contar para meu pai sobre minha gravidez, por que ficava pensando em mil coisas ruins que poderiam vir a acontecer e em como eu ia decepciona-lo por ficar grávida tão cedo. Pois é amoras tudo um erro quando contei meu pai se assustou e ficou preocupado mas depois tudo foi se acalmando .Então se você têm seus pais conte a eles procure auxilio e conselhos e que eles sempre sejam os primeiros a saber. E se você não tiver seus pais procure o auxilio de quem você confie e que conheça bem você.



3- Mantenha uma relação saudável com seu parceiro: Eu fui extremamente abençoada por ter uma relação muito boa com meu esposo ( Sim amoras eu engravidei me casei e já fazem 4 anos) nós ficamos assustados com a chegada de um baby por que não tinhamos estrutura financeira estável, mas sempre conversávamos muito sobre como iriamos agir com a chegada de um bebê, e ele sempre me tranquilizava muito e com muito diálogo fomos tomando nossas decisões e construindo um lar. 
Bom mas eu sei que nem todas mulheres que engravidam cedo ou tarde têm essa sorte, eu assisti amigas minhas serem mães solteiras e além de difícil é inacreditável que um homem possa estar imune a uma vida que terá traços dele e etc. Mas se esse é o seu caso, então meu conselho ainda é procurar apoio em sua família, visando sempre seu bem estar e do seu bebê, afinal de contas agora ele é o mais importante .



4- Faça seu pré-natal: Por que digo isso? Pelos motivos mais óbvios você precisa entender o que vai acontecer com seu corpo daqui pra frente, você precisa saber sempre como está o seu bebê e por que o pré-natal serve para identificar problemas em sua gestação como: pressão alta, déficit de vitaminas como o ferro, ou alguma má formação no feto, além de: Manutenção do seu peso e do bebê, crescimento do bebê, quais remédios você poderá tomar, quais alimentos comer e por ai vai.



5- Parto: Bom isso sempre me deixava assustada todo mundo dizia que a dor era horrível e eu me assustava mais ainda, mas minha médica sempre dizia que meu parto seria rápido e muito tranquilo pelo fato de eu ser nova e saudável. Bom meu parto foi normal levou 5 horas para eu completar minha dilatação total (foi bem rápido) e o melhor de tudo é que eu sai do hospital andando normalmente e em 7 dias eu estava bem, tendo minha rotina de casa e cuidando da minha princesa. Agora e a cesárea Tina? Olha é um pouco mais complicada por ser uma cirurgia e no hospital público eles encaminham apenas casos que tenham complicações na gestação, você não vai chegar lá e pedir para fazer uma cesárea sendo que você pode ter um parto normal! Mas se você têm um plano de saúde ou pode pagar por uma cesárea que sai em torno de 5 mil reais o preço vária um pouco.




6- Não pense que sua vida acabou: Amoras nunca pensem que ter um filho é o fim da sua vida, é óbvio que muitas coisas vão mudar e você não vai poder mais pensar só em você, mas um filho é um ciclo novo você vai aprender coisas que nunca imaginou vai amadurecer e vai ENTENDER TUDO QUE SEUS PAIS DIZIAM, vai ver seu filho crescendo e aprendendo e vai chorar com as primeiras palavras, o primeiro riso, e também vai rir até não poder mais com cada gesto dele. A vida não acabou entenda as coisas podem demorar mais para acontecer mas se VOCÊ correr atrás vai poder estudar ou trabalhar e lutar pelos seu objetivos.



7- Ouça o conselho dos mais velhos: Eu tenho uma sogra que criou 7 filhos, a experiência dela é muito vasta sobre tudo e quando minha filha nasceu e até hoje 4 anos depois ela ainda me ajuda com conselhos e ensinamentos, para vocês terem uma idéia minha filha nunca teve uma gripe forte, por que minha sogra sempre me diz que vitamina dar ou o que evitar ou o que fazer em caso de algum resfriado e isso conta muito, e vai te ajudar também. Claro que tudo sempre com bom censo você também vai precisar viver suas experiências e cometer seus erros e vai ter que educa-lo isso é viver, acertar, errar...



8- Não tenha medo da língua dos outros: Isso mesmo! Não tenha medo de falatórios, não tenha vergonha de ser mãe jovem. NÃO ESTOU LEVANTANDO A BANDEIRA DE QUE SER MÃE JOVEM É BOM OU BONITO enfim, claro que ser mãe jovem é bem mais difícil vendo pelo lado financeiro e por termos pouca experiência de vida, mas nada acontece por acaso, seu filho não foi planejado mas você assumiu a responsabilidade quando teve relações semuma proteção ! Então erga a cabeça e siga com a sua vida!! Deixe que digam que pensem que falem. A opinião alheia só é importante quando se trata da sua família e das pessoas em quem você confia e respeita.




9- Filho dá trabalho: Sim e isso não é novidade, ele precisa comer, tomar banho , ter horários regulados para dormir, precisa de atenção , precisa brincar e mais do que isso você precisa estar de olho nele por que crianças são inocentes e não têm a real noção do perigo, e tudo isso demanda tempo e esforço exclusivamente da mãe SIM não estou sendo machistas ou algo do tipo, mas vai ser você que vai estar ao lado dele na maioria desses momentos e vai ser para você que ele vai correr quando precisar de algo ou quando se machucar.




10- Aproveite sua gestação: Eu encerro aqui essas ''dicas'' dizendo apenas que por mais desesperador de que pareça ser mãe jovem, tente aproveitar enquanto seu filhote está ai guardadinho em você. Tudo passa muito rápido esse momento entre vocês dois (mãe e baby) é muito importante, e isso não é só para a gestação mas para cada fase do seu filhote.










Amadas minhas é isso, eu sei que não é o tipo de post que estamos acostumadas mas eu senti que seria bom tocar nesse assunto, e se eu conseguir ajudar pelo menos 1 pessoa eu já estarei maravilhosamente feliz.





Beijo beijos 






You May Also Like

0 comentários